O mercado de SUVs está bombando e o segmento já representa 31,7% das vendas com previsão de chegar a 46,3% em 2025. Nesse ambiente, o utilitário esportivo se tornou um produto muito procurado.

Mas, com o crescente aumento dos preços, muitos não podem ou não querem buscar um SUV novo, por isso vão procurar um seminovo ou usado. Nesta lista Top 10, vamos relacionar modelos de marcas tradicionais com câmbio automático.

Este é um item obrigatório para quem quer levar um carro que, por si só, é mais caro que a média de outros segmentos. Assim, os modelos são relacionados com as ofertas que se encontram no mercado nacional.

O posicionamento considera produto, marca, mecânica e conteúdo. Aqui, estão relacionados os SUVs que podem ser encontrados no mercado com preços até R$ 70.000, mas com valor acima de R$ 60.000, para facilitar a escolha.

Confira abaixo os 10 SUVs até R$ 70 mil:

Índice

 

SUVs até R$ 70 mil

1) Jeep Renegade Sport 1.8 AT 2016

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

O Jeep Renegade poderia ser o segundo da fila, porém, o SUV compacto, apesar de ser forte em carroceria e ter formas robustas que transmitem muita segurança, tem peso elevado, assim como o ASX, e peca pelo motor e bagageiro.

O E.torQ Evo 1.8 da Fiat decepciona em um carro com muita massa para ser deslocada, entregando até 132 cavalos e 19,1 kgfm (2016), embora tenha o bom câmbio automático Aisin de 6 marchas e conte com suspensão multilink na traseira.

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

Medindo 4,23 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1,70 m de altura e 2,57 m de entre-eixos, seu bagageiro tem somente 260 litros, menor até ao de um hatch pequeno. A seu favor tem um pacote com conteúdo interessante.

Dependendo da versão, traz ar-condicionado automático e multimídia, vem com trio elétrico, direção elétrica, bancos em tecido ou couro, freio de estacionamento elétrico, rodas de liga leve aros 16 ou 17, além de computador de bordo.

O Jeep Renegade é um carro bem robusto e tem suas linhas “pesadas”, mas com bom espaço interno. Com o conjunto citado, vai de 0 a 100 km/h em 11,5 segundos e tem final de 181 km/h. Faz 9,4/10,5 km/l em cidade/estrada com gasolina.

2) Mitsubishi ASX 2.0 CVT FWD 2016

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

O Mitsubishi ASX é um SUV médio com porte de compacto, mas que tem um visual ainda bastante atual, mesmo no modelo 2016, que pode ser facilmente encontrado nessa faixa de preço.

Ele traz motor 2.0 de 160 cavalos e 20,1 kgfm, abastecido somente com gasolina. Com câmbio CVT de seis marchas simuladas, tem ar-condicionado, piloto automático, bancos em couro, computador de bordo e volante multifuncional.

Sempre com rodas de liga leve aro 18 polegadas, o ASX tem ainda paddle shifts e muitas unidades vêm com multimídia, adquirida como acessório na rede MIT. Tendo 4,29 m de comprimento, dispõe de 415 litros no bagageiro.

No ASX, o conjunto motriz garante aceleração de 0 a 100 km/h em 11,5 segundos e com máxima de 190 km/h. O consumo é de 8,7 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada, o que não é muito bom, por isso, o tanque vem com espaço para 63 litros.

Com visual esportivo, o ASX se torna uma opção interessante pelo conjunto, que ainda dispõe de suspensão traseira multilink e tem até versão com tração integral sob demanda. Contudo, o consumo deste é ainda mais elevado com o peso extra.

3) Chevrolet Tracker LTZ 1.8 AT 2015

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

Ainda que seja da geração anterior, o Chevrolet Tracker importado do México é um SUV compacto que vale a pena nessa faixa de até R$ 70.000. Trata-se de um modelo com carroceria pesada e porte com estilo que remete ao Cruze antigo, da época.

Equipado com o mesmo motor do sedã médio na ocasião, ele tem no Ecotec 1.8 Flex potência de até 144 cavalos com 18,9 kgfm e transmissão automática de seis marchas, a GF6. Mesmo sem paddle shifts, como Renegade e ASX, agrada.

O conjunto mecânico lhe garante ir de 0 a 100 km/h em 11,5 segundos com máxima de 189 km/h, tendo consumo de 8,9 km/l na cidade e 11,9 km/l na estrada, com gasolina. No etanol, faz 6,4/9,2 km/l, respectivamente.

Vem com ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico completo, bancos em couro em dois tons, assim como com multimídia MyLink, câmera de ré, volante em couro multifuncional, alarme e cluster análogo-digital, mas sem ESP.

Outro destaque é o teto solar elétrico, o que o deixa mais requintado, porém, isso não aumenta o reduzido espaço traseiro e nem amplia o diminuto porta-malas, que tem somente 306 litros, ampliáveis com o banco traseiro bipartido.

4) Renault Captur Intense 1.6 CVT 2020

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

O SUV da marca francesa é um dos mais novos na lista até R$ 70.000, mas tem pouca oferta no mercado com esta faixa de preços. Por isso, é bom garimpar nos classificados online para encontrar uma unidade disponível.

Como modelo 2018, ele vem com motor 1.6 SCe de 118 cavalos na gasolina e 120 cavalos com etanol, tendo ainda 16,2 kgfm nos dois, mais câmbio CVT Xtronic. Trata-se de um SUV compacto “grande”, visto que mede 4,34 m de comprimento.

Tendo uma silhueta esguia e suspensão (bem) elevada, ele usa a robusta base do Duster e entrega um porta-malas de 437 litros, mas peca por não ter bom espaço para as pernas no banco traseiro, avançado para o bagageiro ficar maior.

O estepe externo é outro ponto ruim, assim como direção sem ajuste em profundidade e acabamento simples, embora ainda melhor que o Duster. Apesar dos 2,67 m de entre-eixos, peca por ser grande por fora e apertado por dentro.

Mas, traz multimídia com Android Auto e CarPlay, ar-condicionado automático, piloto automático com limitador e rodas de liga leve aro 16 polegadas. De 0 a 100 km/h faz em 13,1 segundos e faz 7,5/9,5 km/l e 10,9/13,3 km/l, cidade/estrada.

5) Renault Duster Dynamique 1.6 CVT 2020

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

SUV compacto da marca francesa, o Renault Duster é um valente produto no mercado e tem seu foco na robustez e espaço interno, embora seja o modelo com aspecto de baixo custo mais proeminente da lista.

Com formas volumosas, o romeno Duster tem visual simples para quem não procura chamar atenção, e oferece um bom espaço interno, mesmo para quem vai atrás. Além disso, pensando para ser grande por dentro, tem bagageiro grande.

São 475 litros de espaço num utilitário esportivo de 4,33 m de comprimento e 2,67 m de entre-eixos, que ainda tem 1,82 m de largura. Assim como o Captur, sofre com o estepe externo, mas sua posição de dirigir é mais bem resolvida.

O lado ruim do Duster é o acabamento de baixo custo, que acaba eliminando guarnições que seriam barulhentas em carros com maior recheio. Em equipamentos, vem com multimídia dotada de CarPlay e Android Auto.

Também dispõe de rodas de liga leve aro 16 polegadas, trio elétrico, entre outros. Há oferta do 2.0 AT4, mas o 1.6 CVT, mesmo do Captur, atende mais. Faz 0 a 100 km/h em 13,2 segundos, com 7,1/7,9 km/l e 10,3/10,8 km/l, cidade/estrada.

6) Suzuki S-Cross GLX 1.6 CVT 2017

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

O Suzuki S-Cross é um crossover compacto que lembra muito o Honda Fit, mas com porte de HR-V. Como a dinâmica de condução deste “SUV” é muito parecida com os dessa marca igualmente japonesa, ele agrada muito ao dirigir.

Nessa faixa de preço, que dá para comprar o modelo 2016, o S-Cross aparece com motor 1.6 16V com 120 cavalos e 15,5 kgfm, acoplado a uma caixa CVT com simulação de seis marchas e paddle shifts no volante.

Com tração dianteira (o S-Cross tem versão AWD com motor 1.4 Turbo), o crossover nipônico tem 4,300 m de comprimento, 1,765 m de largura, 1,585 m de altura e 2,600 m de entre-eixos, tendo 440 litros no bagageiro.

Oferecendo bom espaço interno, assim como o Honda, o S-Cross vem com um ambiente que lembra mais Nissan, tendo sistema de som com CD player integrado, Bluetooth, volante multifuncional, direção elétrica e ar-condicionado dual zone.

Tem ainda geralmente bancos em tecido no mercado de usados e chave presencial com partida por botão, por exemplo. Mais leve que um Kicks, ele é frugal e faz 11,9/13,2 km/l em cidade/estrada, apenas na gasolina. Vai de 0 a 100 em 12,4 s.

7) Chery Tiggo 2 Look 1.5 AT 2020

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

Alguns torcem o nariz pelo fato de ser derivado do hatch Celer, e também por ser chinês, mas o pequeno SUV da Caoa Chery anda se dando bem no mercado. Ele tem um motor 1.5 SOHC 16V com 110 cavalos na gasolina e 115 cavalos no etanol a 6.000 rpm.

Além disso, tem torque a partir de 2.700 rpm, o que é bom, sendo 13,8 kgfm no primeiro e 14,9 kgfm no segundo. Com transmissão automática de quatro marchas, fica devendo mais velocidades, tornando-o muito longo e lento na aceleração.

Com etanol, faz 6,9/8,2 km/l e na gasolina, 10,0/11,9 km/l, respectivamente cidade/estrada, mas vai de 0 a 100 km/h em altos 15 segundos e tem máxima de 167 km/h. Pesando 1.260 kg, o Tiggo 2 tem porta-malas de 420 litros.

Ele mede 4,200 m de comprimento, 1,760 m de largura, 1,570 m de altura e 2,555 m de entre-eixos. Com suspensão alta, vem com rodas de liga leve aro 16, faróis de neblina, trio elétrico, piloto automático, multimídia e direção hidráulica.

O Tiggo 2 traz ainda ar-condicionado, alarme, computador de bordo, bancos em tecido e couro e pode vir com pintura em dois tons, dependendo da oferta. Essa versão Look é encontrada como modelo 2019 e baixa quilometragem.

8) Peugeot 2008 Allure 1.6 EAT6 2019

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

Com porte de Tiggo 2, o SUV Peugeot 2008 pode ser encontrado nos anos de 2017 a 2019, porém, até o primeiro, o câmbio automático é o AT8 de 4 marchas, bem limitado e desconfortável. O outro tem o EAT 6 com seis marchas, bem melhor.

As unidades com o AT8 geralmente são os 2008 Griffe, mais caro que o Allure, e vem com teto panorâmico, acabamento em couro/tecido, ar-condicionado dual zone, paddle shifts, belas rodas de liga leve aro 16, multimídia, entre outros.

Ainda assim, os modelos mais recentes nessa faixa de preço podem contar com projeção de smartphone e navegador GPS mais eficiente, e algumas têm rodas de aço com calotas e ar-condicionado manual, entre outros cortes.

Tendo 4,159 m de comprimento, 1,739 m de largura, 1,583 m de altura e 2,540 m de entre-eixos, tem 355 litros no bagageiro. O motor EC5M 1.6 é antigo, mas tem boa força, levando-o de 0 a 100 km/h em 11,9 segundos e 186 km/h.

Ele tem 115 cavalos na gasolina e 118 cavalos no etanol, ambos 16,1 kgfm. Esse números são do modelo 2018, já com de seis marchas, que oferece um consumo de 7,5/9,2 km/l no etanol e 10,7/13,0 km/l na gasolina, cidade/estrada.

9) Ford EcoSport SE 1.5 AT 2020

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

Bem ou mal, a Ford ainda está aí e sua saída da produção fez chover EcoSport no mercado de usados, com alguns tendo baixa quilometragem e ótimo estado de conservação. Se você não pensou em uma debandada da marca, é uma boa em SUVs.

De cara, seu porta-malas é pequeno, com 356 litros, menor ainda do que o número indica. O acabamento é razoável e o conteúdo é bom, dependendo da versão. Nessa faixa até os R$ 70.000, dá para pegar até um modelo 2020.

Não se intimide, a melhor opção é o Dragon 1.5 de 130 cavalos na gasolina e 137 cavalos no etanol, tendo 15,6/16,2 kgfm, respectivamente. Como o três cilindros empurra bem, ainda mais com câmbio automático de seis marchas, ele agrada.

Compacto, mede 4,269 m de comprimento (com estepe externo), 1,765 m de largura, 1,693 m de altura e 2,519 m de entre-eixos, pesando 1.272 kg e tendo consumo de 7,1/8,6 km/l no etanol e 10,3/12,6 km/l na gasolina.

Vai de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e final de 180 km/h. Tem direção elétrica, ar-condicionado automático, multimídia SYNC 2.5 com Android Auto e CarPlay, câmera de ré, bancos em tecido, rodas de liga leve, faróis de neblina, entre outros.

10) JAC T40 1.6 CVT 2020

Top 10: SUVs até R$ 70 mil

Você pode encontrar até mais dois chineses nessa faixa, mas o JAC T40 é o melhor dos que não entraram no Top 10. Com belo design feito à pedido da SHC, o SUV explora o conteúdo para compensar a origem e não decepciona.

Com bancos em couro, ar-condicionado, direção elétrica, discos nas quatro rodas, pinças vermelhas, multimídia com espelhamento (ruim), câmera frontal com gravação de áudio e vídeo, controles de tração e estabilidade, e sensor de faróis.

Piloto automático, volante multifuncional em couro, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, entre outros, fazem parte do pacote. Ele mede 4,135 m de comprimento, 1,750 m de largura, 1,568 m de altura e 2,490 m de entre-eixos.

Apesar do tamanho, seu porta-malas tem 450 litros e tem espaço traseiro razoável para as pernas. Seu motor, nesse caso, é um 1.6 16V com 138 cavalos e 17,1 kgfm, números dignos de 1.8, tendo ainda um longo câmbio CVT, como chinês gosta.

O T40 vai de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos e final de 180 km/h. Apenas com gasolina, ele faz 11,6 km/l na cidade e 12,6 km/l na estrada. Com um conjunto até superior ao do Tiggo 2, ele só não vende o mesmo.

Por Ricardo de Oliveira

Fonte: https://www.noticiasautomotivas.com.br/suvs-ate-70-mil/