5 principais tendências tecnológicas no setor automotivo

Os carros novos no mercado atualmente estão cada vez mais tecnológicos. São muitas as tendências tecnológicas no setor automotivo que vemos surgir frequentemente e dominar o setor, causando furor entre os motoristas. Se você dirige o mesmo automóvel a mais de 10 anos, por exemplo, não deve estar ciente das muitas novidades que surgiram nesse meio tempo.

Apesar do mercado automotivo nacional ter tido um resultado ruim no último ano (muito por causa da pandemia do novo coronavírus), a verdade é que o segmento no Brasil tem muita importância, com dezenas de fábricas espalhadas pelo Brasil e a presença nacional das principais montadoras do mundo (com algumas exceções muito notáveis, claro). Isso faz com que o país participe das principais tendências tecnológicas no setor automotivo, ainda que com menos foco do que outros territórios. Afinal, também é fato que nossa frota nas ruas é bem velha.

Quer conhecer quais as tendências tecnológicas no setor automotivo e como participar delas? Então siga a leitura do artigo abaixo!

1. Energia elétrica

Os automóveis elétricos ainda não dominaram o mercado (eles equivalem a menos de 3% das vendas anuais de veículos no mundo), mas devem fazer isso em breve. Mesmo que seja forçado.

Os carros a combustão estão com os dias contados em vários países, que já determinaram planos para que eles deixem de ser vendidos e, eventualmente, de serem usados nas ruas, sendo substituídos por modelos elétricos. As principais montadoras do mundo também já anunciaram planos para só vender carros novos assim.

Na prática, a mudança deve acontecer de forma gradual nos próximos anos. Só é necessário ter a infraestrutura básica para dar suporte a isso, que deverá ser instalada nos próximos anos.

2. Carros autônomos mais populares

Um dos recursos mais interessantes apresentados pela indústria automotiva nos últimos anos é o dos carros autônomos. São automóveis equipados com inteligência artificial, sensores e câmeras para se dirigir sozinho, sem a necessidade de um humano no volante.

Esse tipo de automóvel é o futuro do transporte, pois reduz as chances de acidentes e garantem um trânsito mais ordeiro e previsível. Na prática, todos chegarão em casa mais rapidamente e com menos riscos.

No entanto, ainda estamos longes de ter sequer 1 carro totalmente autônomo, quanto mais uma frota inteira. Levará alguns anos, mas eventualmente chegaremos lá.

3. Impressão 3D

A impressão 3D é uma daquelas tecnologias que promete revolucionar o planeta assim que explorar todo o seu potencial. Na indústria automotiva, ela tem começado a ser usada como produtora de peças específicas para determinados automóveis. Por causa do seu funcionamento, a impressão 3D permite criar peças (e até automóveis inteiros!) a baixo custo, sem a necessidade de criar moldes e fazer várias unidades para reduzir os preços.

4. Mais conectividade

Uma tendência mais de curto prazo do que as outras citadas é a de mais conectividade dentro dos automóveis. Não só para os motoristas de Uber, táxi e outros tipos de transportes, mas para os usuários também.

Com a chegada do 5G e da Internet das Coisas, será mais comum ver automóveis muito conectados, com Wi-Fi, Bluetooth e muito mais. Isso permitirá conexões constantes com a Internet, não só para acessar GPS e outros serviços do tipo, mas também para aumentar o conforto dentro do automóvel.

5. Mobilidade compartilhada

Imagine você comprar um automóvel autônomo, como um Tesla Model S, por exemplo. Você o leva para o trabalho e o estaciona na sede da sua empresa. Nesse dia, você decidiu almoçar no trabalho mesmo, já que terá uma reunião logo depois do almoço e precisa se preparar.

Agora imagine que você autoriza o seu carro a trabalhar como um motorista de aplicativos. Isso mesmo: o veículo vai trabalhar também. Assim que você o deixa estacionado, ele se conecta com a Internet e passa a aceitar caronas em aplicativos como Uber ou 99.

Como ele dirige sozinho, pode simplesmente ir até o destino, pegar o passageiro (que pode desbloquear a entrada do carro via QR Code) e então ir até o destino determinado no app. O passageiro paga e parte do dinheiro vai para a sua conta.

Esse é um cenário não só possível, como provável nos próximos anos. A junção de tecnologias como a direção autônoma, a conexão com a Internet e outras permitirá que os automóveis sejam compartilhados e melhor aproveitados em vez de ficarem parados em um estacionamento.

Essas são algumas das principais tendências tecnológicas no setor automotivo dos próximos anos. Deu para ver que os carros do futuro serão, de fato, completamente diferentes daqueles atuais. É verdade que os de hoje já são muito tecnológicos, mas eles serão ainda mais nos próximos anos, mesmo no futuro curto, coisa de 5 anos ou menos daqui para frente.

Gostou dessas tendências? Qual delas parece a mais interessante para você? Comente abaixo!

Fonte: PH