VW amplia serviço de assinatura no Brasil a partir de R$ 2.439

A Volkswagen ampliou o serviço de assinatura Sign&Drive para todo o Brasil. O programa, antes piloto, mostrou bons resultados para a marca alemã, que adiciona agora esse método de aluguel de veículos de longo prazo para o mercado.

Em parceria com a Assobrav e com a Fleet Solutions Brasil, o Sign&Drive passa a estar disponível para toda a rede VW, que hoje conta com mais de 500 concessionárias pelo país.

Os planos do programa são de 12, 18 ou 24 meses, mas somente para os modelos Taos e T‑Cross, ambos nas versões Highline e Comfortline.

O serviço inclui: documentação (IPVA, licenciamento e emplacamento), seguro, manutenção preventiva e franquia de até 2.500 km para rodar por mês.

VW amplia serviço de assinatura no Brasil a partir de R$ 2.439

Roger Corassa, vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil, diz: “Ao expandir esse serviço de assinatura para todas as concessionárias Volkswagen estamos dando um passo importante em prol da mobilidade. Durante a fase inicial esse programa provou ser mais uma ótima opção para os clientes e para a nossa rede. É um serviço de assinatura criado para atender a maneira contemporânea de se consumir carros”.

Segundo a Volkswagen, os planos começam em R$ 2.439 para o T-Cross e R$ 3.399 para o Taos. Estes valores são baseados na tabela de agosto de 2021 e podem mudar de acordo com a cor e acessórios.

Para contratar, existem duas formas: online ou concessionária. Acessando o site www.vw.com.br/signanddrive, o cliente fará os seguintes passos e o veículo será entregue em até 45 dias a contar da aprovação, através de um app:

  1. selecionar o modelo
  2. customizar o plano
  3. se cadastrar
  4. fazer o upload dos documentos
  5. confirmar os dados
  6. assinar digitalmente

Na revenda VW, basta falar com um vendedor que fará todo o processo e a retirada será na mesma loja. Com essa modalidade, a marca se insere no mais novo negócio que está ganhando bastante espaço no mercado nacional.

Com as altas nos preços dos carros, baixa oferta de novos e os efeitos da própria pandemia, muitos consumidores decidiram mudar seu perfil de atuação no mercado, deixando a propriedade de lado em troca do uso temporário. Você está pronto para essa mudança?

[Fonte: NA]