Líder pelo 8º mês seguido, a Fiat (39.040) garantiu uma vantagem de quase 16 mil unidades sobre a Volkswagen (23.283), que havia sido superada pela Toyota (17.426) no mês anterior – a japonesa, vale ressaltar, teve a maior evolução entre as cinco primeiras colocadas em relação a 2020 (+50,8%). Em alta de quase 30%, a Jeep (13.551) ficou a menos de mil unidades da Hyundai (14.494) na disputa pelo 4º lugar.

Sétima colocada nos dois meses anteriores, a Chevrolet (8.953) subiu uma colocação, mas amargando retração de quase 70%. Dona do maior avanço (+189%), a Caoa Chery mais uma vez completou o top 10. Já a Ford (2.549), 13ª em junho e julho, avançou duas posições, mas com vantagem inferior a 100 unidades sobre uma Peugeot (2.463) que cresceu acima dos 110%.

[Fonte: Fenabrave]