Tudo, desde o que assistimos em nosso serviço de streaming favorito até como fazemos compras on-line atualmente, é conduzido por algoritmos de Inteligência Artificial (IA).

Ela está mudando completamente a forma como os clientes são engajados, retidos e adquiridos. Este artigo detalha as oportunidades de mudança impulsionadas pela IA ainda esperando para serem exploradas pelos revendedores de automóveis e também como chegar lá.

De lojas independentes a grupos de concessionárias, o fluxo de atividades aumentará a pressão para entrar em contato, envolver e atender os clientes em todos os aspectos de seu ciclo de vida. Embora existam centenas de milhares de consumidores em potencial, até mesmo as melhores equipes têm o desafio de aproveitar a oportunidade de impulsionar mais negócios, em vendas ou pós-vendas, e buscar a melhor satisfação do cliente.

A resposta parece futurista, mas já está disponível: Inteligência Artificial. Não estamos falando de um simples chatbot, mas de um assistente de IA avançado e autossustentável que envolve, responde e garante que as empresas acompanhem cada cliente que demonstre interesse. Esse mesmo auxiliar entrega os clientes no momento em que estão prontos para conversar. Assim, a sua equipe pode se concentrar em fornecer uma excelente experiência ao cliente, em vez de prospectar. Ele entra em contato com compradores potenciais da Internet para determinar quais estão prontos para comprar e ajuda a marcar horários para que sua equipe feche a venda.

Você acha que esta tecnologia é apenas para os grandes negociantes? Você está errado. Qualquer loja multimarcas ou concessionária, de qualquer tamanho, pode fazer parceria com um fornecedor qualificado e obter mais participação no mercado.

Continue lendo para ver exemplos de como os revendedores estão aproveitando os avanços da tecnologia para adaptar seus negócios e conquistar os compradores de automóveis.

Custos de marketing e vendas mais baixos

Em um clima em que a personalização é padrão, os dias de táticas de marketing de massa cobertas ficaram obsoletos.

A IA pode ajudar os revendedores a personalizar e-mail, banners e textos. E a fazer também outros esforços de marketing para atingir os clientes no momento certo. O uso de dados de comportamento e estilo de vida on-line e off-line pode sinalizar clientes automotivos cuja atividade indique que eles estão prontos para comprar adequando o estoque para esses consumidores.

Essa abordagem mais precisa não é apenas mais barata, rápida e fácil, é também uma maneira mais eficaz de gerar leads e fazer negócios do que uma mala direta ou uma ligação não solicitada.

A IA ajuda a identificar oportunidades de vendas que passariam despercebidas com uma abordagem mais analógica.

Uma ferramenta de IA também examinará a força de engajamento de um lead ativo, agregando interações registradas no CRM. Esse nível de percepção permite que as equipes de vendas identifiquem novos clientes, busquem os leads mais viáveis e, o fundamental, feche mais negócios.

No caso do showroom da concessionária ou da loja, através de mapas de calor, podemos identificar onde é melhor expor os veículos e que tipo de carros e para quais clientes.

Pode ser com o envolvimento de contatos que interagiram recentemente com um representante: o cliente ligou para a concessionária, entrou e bateu um papo on-line.

Pode ainda prospectar novos contatos que recentemente apresentaram interesse em um veículo na internet (para troca e solicitações de orçamento).

Imediatamente após a venda, comunica-se com os clientes para garantir uma experiência feliz durante e após o processo de venda do carro.

Para veículos usados

1) Precificação preditiva: pode indicar qual é o momento para vender determinada marca e modelo. E até o melhor preço e região para oferecer esse mesmo veículo ou se essa venda deve ser B2C ou B2B e qual é o portal ou marketplace mais indicado para anunciar.

2) Imagens profissionais: fotos de estúdio fazem parte do passado. Com IA é possível transformar qualquer foto em imagens de estúdio com iluminação e sombra personalizada para cada veículo.

3) Reconhecimento de danos na lataria e no motor: quando você fotografar ou fizer um vídeo do carro, a IA dirá através das imagens e som do motor se ele está em boas condições ou mostrar os problemas encontrados. Até mesmo gerar um orçamento detalhado para o reparo do mesmo.

4) Para o seu departamento de serviços:

• Envolvendo os clientes que procuraram o serviço, mas não retornaram.

• Acompanhamento dos clientes que vieram para uma visita, mas recusaram o serviço recomendado.

• Lembrar os clientes sobre sua próxima visita de serviço sugerida.

• Notificar os clientes sobre recalls de fábrica e instá-los a agendar um horário.

• Acompanhamento após uma visita de serviço para avaliar a satisfação do cliente.

Pode ser tentador ignorar esses sinais com uma atitude “isso ainda vai demorar para chegar aqui”. As lojas independentes e concessionárias que não adotarem rapidamente a Inteligência Artificial correm o risco de serem ultrapassadas.

Aqueles que usarem terão uma enorme vantagem. Em um mercado muito acirrado, agora é a hora de implementar essas soluções e colher todos os incríveis benefícios operacionais.

Por J.R. Caporal

[Fonte: AB]