Governança corporativa é a denominação do conjunto de costumes, processos e leis que a administração deve seguir para garantir o melhor desempenho da sua loja. Apesar de ser um assunto um pouco complexo, esse conceito é essencial para o sucesso das organizações. Pois, ao contrário do que muitos pensam, não se trata apenas de documentar, registrar e criar procedimentos e normas empresariais.

Neste texto, você vai aprender o que é e como aplicar governança corporativa na sua empresa. Boa leitura!

O que é governança corporativa?

Segundo o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, esse conceito é o sistema pelo qual as organizações e empresas são monitoradas, dirigidas e incentivadas. Governança pode envolver o relacionamento entre conselho de administração, sócios, órgãos de fiscalização, diretoria e outras partes interessadas.

Ou seja, é o conjunto de práticas que uma organização adota para fortalecer a empresa e alinhar os interesses voltados ao mercado. Assim, todas as partes trabalham em conjunto para buscar melhores resultados para o negócio. De maneira simples, a governança mostra a direção que um negócio deve seguir para conquistar as metas desejadas.

Afinal, no nascimento de uma empresa, os donos costumam concentrar as funções administrativas entre os sócios. Porém, com o crescimento do negócio, outras pessoas passam a se inserir nesse contexto, como acionistas, gerentes e diretores por exemplo. É a partir daí que a governança corporativa se torna essencial

Importância da governança corporativa

A governança corporativa permite que as organizações possam trabalhar com mais responsabilidade, pois ela define qual direção a empresa irá tomar.

Além disso, a governança também torna os processos administrativos mais transparentes, gerando maior confiança e alinhamento entre todas as partes da empresa, desde os donos, até possíveis parceiros de negócio.

Dessa forma, com uma boa governança corporativa, os negócios conseguem focar em não só atingir objetivos voltados ao lucro, mas também em ter uma identidade corporativa mais forte. Logo, a loja de veículos consegue, também, firmar compromissos com a sociedade de forma clara e eficiente, através de programas sociais, por exemplo.

É possível adotar governança corporativa em pequenas lojas de carros?

As práticas de governança corporativa (GC) são fundamentais para aumentar o desempenho de uma organização. Por isso, o natural é pensarmos na atuação em grandes corporações.

Porém, quanto antes essas práticas forem inseridas em pequenas e médias empresas, maior a chance de sucesso do negócio a longo prazo. Isso porque, a GC disponibiliza diversas ferramentas para qualquer empresa se destacar em meio à concorrência.

Ou seja, a Governança Corporativa tende a regular a direção de uma empresa. Portanto, ela resolve questões relacionadas à falta de processos e de controles formais. Isso torna a imagem da organização muito mais forte perante o mercado.

As práticas de GC permitem que as empresas sejam gerenciadas com base numa metodologia que evolui quando a organização cresce. Um exemplo neste sentido são os controles internos, que auxiliam a barrar fraudes e ainda possibilitam relatórios e planejamentos financeiros mais certeiros.

Dessa forma, as empresas que seguem as metodologias da Governança Corporativa apresentam uma transparência ao mercado, que passa a confiar mais na organização.

Benefícios da governança corporativa em pequenas empresas

São quatro os principais motivos que levam as empresas a aderir a Governança Corporativa: prestação de contas, transparência, equidade e responsabilidade corporativa.

Esses elementos colaboram para uma melhor relação entre todas as partes da empresa, conciliando interesses.

Além desses, outros benefícios de GC para as pequenas e médias empresas são:

  • crescimento do negócio;
  • aumentar o valor de mercado;
  • garantir transparência ao público interessado e aos investidores;
  • maior sustentabilidade do negócio;
  • se adequar aos padrões do mercado;
  • gerir e evitar possíveis conflitos e crises;
  • tornar a estrutura empresarial mais profissional e séria.

Nesse sentido, ao aderir essa prática, as empresas conseguem evitar riscos de fraudes, corrupção, má conduta e má administração na empresa.

Ainda é possível destacar que, assim como ocorre nas grandes empresas, a Governança Corporativa permite maior agilidade e produtividade no fluxo de trabalho, por otimizar o tempo em vários setores.

Exemplos voltados para pequenas empresas

A Governança Corporativa tem uma estrutura de deveres e responsabilidades dos diversos setores da empresa. Além disso, também explica procedimentos e regras para que determinadas decisões possam ser feitas.

Nesse sentido, um bom exemplo de Governança Corporativa aplicada para pequenas empresas é a formação de uma estrutura empresarial, como a constituição de um Conselho de Administração, por exemplo.

Logo, os interesses de todas as partes serão levados em conta para qualquer tipo de decisão ou ação que a empresa possa fazer.

Além disso, a GC ainda auxilia na:

  • divisão de funções e plano de deveres e remuneração dos empresários;
  • gestão e desenvolver ferramentas para evitar possíveis riscos;
  • elaboração de uma política de transparência;
  • elaboração de um planejamento estratégico.

Como adotar os princípios da GC em PMEs?

Se você ficou interessado em adotar os princípios da Governança Corporativa na sua loja de veículos, você deve ter claro quais são as estratégias que irá tomar a médio e longo prazo. Além disso, é preciso atuar com muita honestidade, profissionalismo, integridade e transparência.

Vale ressaltar que são fundamentais às PMEs políticas rigorosas e eficientes para gerir todos os setores de operação do negócio. Até porque essas medidas serão muito benéficas para a empresa, evitando possíveis desvios de verba ou qualquer outro caso de corrupção.

Portanto, ao adotar a Governança Corporativa na sua empresa, significa que você deve ter maneiras de garantir que essas medidas sejam seguidas e compartilhadas interna e externamente.

Assim, o empreendedor terá a transparência como uma aliada poderosa para conquistar tanto novos investidores, como novos clientes. Passos esses, importantes para qualquer empresa que deseja obter sucesso e se destacar perante os concorrentes.

[Fonte: Wow]